‘Bandidos na TV’ revela o esquema de apresentador que encomendava morte por audiência

A busca pelo poder, estar destaque ou ter sucesso, pra alguns não tem limite. E a nova série documental da Netflix, Bandidos na TV, conta história real de um apresentador que foi acusado de participar de vários assassinatos em busca de audiência. Veja o trailer:

Wallace Souza é um ex-policial militar que foi expulso da corporação após ser flagrado desviando combustível da própria polícia. Mais tarde tentou ingressar na carreira política não obtendo muito sucesso. Decidiu então ser apresentador de televisão em um programa chamado Canal Livre, exibido em uma emissora filial da TV Bandeirantes, a TV Rio Negro.

Seu programa era sucesso absoluto no final da década de 90 e começo de 2000. Dedicado aos casos policiais, o Canal Livre trazia denúncia, mostrava casos de assassinatos, sequestros e operações sem censura, além de conter números musicais do cenário cultural amazonense.

Mais tarde, Wallace conseguiu se ingressar na carreira política. Porém, em 2008, foi iniciada uma investigação por parte da Polícia Civil, envolvendo próprio apresentador no caso de um grande esquema de tráfico de drogas e envolvimento em alguns assassinatos exibidos no programa que ele comandava.

A produção revela a força da mídia, o abuso de poder e a força que Wallace Souza tinha na região norte do Brasil. Sua notoriedade, seu estilo populista e discurso de combate aos problemas de segurança amazonense dividiram opiniões entre quem o apoiava de quem acreditava que ele realmente era criminoso.

Com apenas sete episódios de pouco mais de 50 minutos, Bandidos na TV atrai o público pelas reviravoltas, surpresas e mistérios.  Assim como Making a Murderer, a série documental brasileira instiga a cada episódio que passa.

Curiosamente, a série faz o público brincar de advogado. Se você é fã de programas sobre investigação, a nova produção brasileira da Netflix é a boa da vez.

Aliás, a história de Wallace já ganhou o mundo da ficção. É o caso da série Pacto de Sangue, exibida pelo canal Space, a produção se passa em Belém e mostra a vida de um apresentador decadente que tem a ideia de apoiar o maior chefe do tráfico local para conseguir conteúdos exclusivos e exibi-los em seu programa. A série teve sua primeira temporada exibida no ano passado no canal de TV fechada e se encontra disponível na Netflix.

 

Fonte: Tribuna do Paraná

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *