Netflix vai produzir série documental de apresentador brasileiro acusado de mandar matar por audiência

Apresentador de um programa policial, Wallace Souza é a mais nova inspiração da Netflix. A gigante do streaming encomendou Killer Ratings, uma série documental sobre a história da celebridade que foi acusada de ter mandado matar pessoas para exibí-las na televisão.

Em 2009, quando já era deputado, Souza teve seu mandato cassado por conta de ações na Justiça envolvendo tráfico de drogas, formação de quadrilha, homicídio, entre outros crimes. Uma das acusações é que ele foi o mandante de alguns dos assassinatos exibidos quando era apresentador do programa sensacionalista Canal Livre. Com quase dez anos desde seu falecimento, esta será a segunda vez que sua história será tema na TV, já que foi o assunto da série A Lei.

Killer Ratings está sob o comando de emissoras britânicas que produzem para a BBC e Nat Geo, e o time por trás da série foi atrás de informações sobre o caso na Band amazonense (que exibia o programa), com amigos e familiares do acusado e na polícia, conseguindo detalhes exclusivos e imagens nunca vistas sobre o caso.

Daniel Bogado, o diretor do programa, comentou sobre a dimensão da história de Souza: “O que achei que sabia sobre Wallace Souza quando comecei se tornou o início de uma história extraordinária. Quando olhei mais fundo, vi eventos que tinha reviravoltas tão chocantes que seriam consideradas extravagantes demais até para Hollywood.”

Killer Ratings ainda não tem previsão de estreia.

Fonte: Vivo Terra

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *